Paisagens, sabores e cultura encantam visitantes em Termas de Gravatal

Ao fazer uma viagem, queremos aguçar todos os sentidos: ver e viver paisagens incríveis, sentir aromas diferentes e únicos, tocar em um mundo completamente novo, escutar novos dialetos e músicas e, claro, experimentar novos sabores e sentir de perto outras culturas.

Ter uma boa refeição ultrapassa as necessidades físicas e torna-se um prazer inesquecível quando estamos fora de casa. Não à toa, o turismo gastronômico é um dos pilares mais procurados da indústria, visto que é um ativo presente na cultura local de todas as regiões do mundo.

E quem viaja buscando novas experiências e sabores, encontra em Termas do Gravatal (SC) o local perfeito para agradar o paladar! Quem planeja visitar a região pode ficar hospedado no Hotel Internacional Gravatal que oferece uma verdadeira  “volta ao mundo na gastronomia”, com pratos da culinária alemã, italiana, açoriana, medieval, oriental e árabe.

semanagastronomica

Vinhos de altitude e culinária internacional aguçam os sentidos dos visitantes

Além disso, o visitante poderá participar de uma extensa agenda de atividades, bingo com produtos coloniais, hidroginástica, caminhadas matinais em meio a área verde preservada do hotel com cultivo de frutas no pomar, torneiros esportivos e aquáticos, e bailes com música ao vivo.

Passeios imperdíveis pela região também encantam os visitantes, como a visita a Urussanga, a 55 quilômetros de Termas de Gravatal que, por ser uma região tipicamente italiana, produz uva Goethe e vinhos com festa (no mês de agosto a cada dois anos). A visita a Urussanga ainda conta com degustação de vinhos e city tour pelo centro antigo, que retrata a cultura européia.

 

uvas goethe

Uva Goethe na cidade de  Urussanga (Imagem: Vales da Uva Goethe)

Já São Joaquim, conhecida como a cidade da neve, chega a marca de – 15ºC no inverno e conta com nevascas (entre junho e agosto) e fortes geadas, que contribuem para o embelezamento do cenário local e aguçam o paladar. A vinícola Villa Francioni é um dos destaques da região, por ter toda vinificação feita pelo sistema de gravidade, sem bombeamento, o que é determinante para um vinho manter suas qualidades naturais.vila francioni

Vinhedos da vinícola Villa Francioni em São Joaquim (Imagem: Villa Francioni)

Região rica em experiência

Também indicamos o opcional passeio a Sta. Rosa de Lima, que fica a 52 quilômetros do hotel. O município é o único do Brasil e da América Latina a figurar no guia da “Accueil Paysan” (Acolhida Camponesa), entidade francesa de divulgação do agroturismo. Além dos belos cenários de serra, boas opções ecoturísticas e fortes referências das culturas alemã e italiana, a cidade oferece ao visitante a oportunidade de hospedar-se em suas pequenas agropousadas, conviver com o dia-a-dia do agricultor e desfrutar das delícias da culinária local.santa rosa

Santa Rosa de Lima (Imagem: Maykol Nack)

Já o passeio a São Martinho e Vargem do Cedro (22 quilômetros do hotel até São Martinho e mais 12 quilômetros de São Martinho a Vargem do Cedro) oferece belas paisagens naturais e ainda inclui um delicioso café colonial na Fluss Hauss e visita à fábrica de biscoitos artesanais.flusshaus

Café Colonial Fluss Hauss (Imagem: Fluss Hauss)

Por fim, a visita à Praia do Rosa (a 45 quilômetros do hotel), que está entre os destinos mais belos do planeta e é considerado um verdadeiro paraíso natural e gastronômico. Descoberta nos anos 70, a Praia do Rosa oferece a mesma tranquilidade de outras épocas, mas agora com uma sólida estrutura turística, com pousadas, bares e restaurantes, além das diversas opções de aventura, como trilhas, cavalgadas, salto de paraquedas e esportes aquático
pria do rosa

Mais informações: clique aqui

*Nem todas as imagens utilizadas neste post são de autoria do Hotel Internacional Gravatal. Se alguma das imagens utilizadas for sua, por favor nos avise para que possamos dar os devidos créditos ou retirar da publicação.